Pet Virtual

20 mar 3 Comentários(s)

Problemas com pulgas e carrapatos.

Quem tem animal em casa sabe: os cuidados com a higiene do pet e do ambiente devem levar em conta o surgimento de uma ameaça tão comum e antiga quanto o próprio homem:  pulgas e carrapatos. Eles parasitam as mais diversas classes de animais, como mamíferos, aves, etc..

Pulgas e carrapatos são extremamente resistentes, inclusive quando instaladas no ambiente. Eles podem estar escondidos em frestas de pisos, madeiras, gramas, tapetes, carpetes e até na própria caminha dos Pets. Devido à resistência desses ectoparasitas no ambiente, o tratamento unicamente dos cães não é eficaz para o combate e controle. Como parte de seu ciclo de vida ocorre no ambiente, este também deve ser tratado para interromper o desenvolvimento desses intrusos indesejáveis.

Pulgas e carrapatos trazem incômodo, irritação, além de muitas doenças ao seu Pet.

As populações de pulgas e carrapatos adultos que se encontram nos animais representam apenas 5% do total da população, os demais 95% estão no ambiente em forma de ovos ou larvas de pulgas; ou ovos, larvas ou ninfas de carrapato.

A eliminação das pulgas deve englobar ações no ambiente, peça chave na erradicação de 95% da infestação.

Assim como as pulgas, o carrapato não é um problema só do animal, mas sim do ambiente. O carrapato, em todos os seus estágios de vida (desde larva até adulto), é muito resistente. Assim, combater o carrapato é difícil.

Os inimigos que os proprietários de cães não vêem, ou seja, os ovos e larvas estão no ambiente e nele sobrevivem durante muitos meses. Assim, muitos são os casos de proprietários que vivem combatendo o carrapato no cão, mas nunca conseguem exterminá-lo por completo.
Outro detalhe é que os carrapatos colocam seus ovos na vegetação e também em frestas das paredes e piso. Dessa forma, todos esses lugares têm que ser tratados e não os cães somente.

Uso de carrapaticidas: aplicar nos canis, casinha dos cães, em plantas e canteiros, atentando para frestas nas paredes ou pisos e ralos. Repetir o tratamento a cada 15 dias no caso de infestações muito severas ou 21 dias; devendo ser, no mínimo, três aplicações para interferir no ciclo reprodutivo e de desenvolvimento do parasita de forma eficiente.

Em canis de alvenaria, o uso da vassoura de fogo é muito eficaz. O calor irá destruir todos os estágios do carrapato. Repetir o tratamento a cada 15 dias; se possível, fechar todas as frestas existentes nos canis ou paredes dos quintais, assim como no piso; a rotação de ativos a cada 2 ou 3 aplicações é muito importante para que o carrapato não desenvolva resistência e o tratamento passe a ser ineficaz.

Aplicações mensais de ectoparasiticidas, concomitantemente a aplicações de produtos carrapaticidas no ambiente. Animais de pêlos longos devem ser tosados no verão, época em que o calor e umidade fazem com que a incidência de carrapatos aumente muito.

Se você tem mais de um bichinho em casa, trate-os da mesma maneira, mesmo que acredite que apenas um tenha sido infestado. O combate junto aos animais deve ser feito com a utilização de antipulgas de maneira sistemática e constante. O primordial é a prevenção, ou seja, aplicar esses produtos todos os meses, já que muitos animais são alérgicos à saliva do inseto. Administre medicamentos antialérgicos para eliminar os sintomas, mas não deixe de combater a causa da alergia, acabando com as pulgas o mais rápido possível.

É recomendada a utilização combinada de produtos antipulgas com inibidores de crescimentos desses parasitas,contidos numa grande parte de antipulgas disponíveis no mercado. Nos animais, aplique produtos consagradose de marcas reconhecidas – tipo sprays ou spot on (produto tópico de pingar) – a cada 30 dias. A dosagem que varia conforme porte e peso, assim procure o veterinário para indicar o melhor para o seu cão ou gato.

O ideal é sempre consultar um veterinário.

Clique aqui e confira os produtos para controle de parasitas.



3 Comentários em “Problemas com pulgas e carrapatos.”

Reginaldo Soares 02-09-2013 - 00:51

Todos Nos Que Temos Animais Sofremos Muitos Mesmo Com Pulgas e Carrapatos, Muito Boas As Dicas

Responder comentário
Ursula cartao de credito bradesco 19-04-2014 - 15:52

Cara, eu definitivamente amo esse editorial, eh tao valioso, portanto, estou indo definitivamente salvar. Eu tenho que dizer que o material desse artigo eh muito excepcional! Ninguem faz isto a investigacao assim esses dias naooo eh ? Tiremos o chapeu para voce! So mais uma sugestao… pode colocar um tradutor para o teu publico do mundo todo …

Responder comentário
Vlamir Xaquira cartao de credito bradesco 21-04-2014 - 17:04

bomm dia estou tao emocionada Eu encontrei seu website, eu verdadeiramente achei VC por erro, quando eu estava pesquisando no Yahoo por outra coisa, de qualquer forma estou aqui agora e gostaria apenas de dizer obrigaduuu por este post fantastico e pelo blog agradavel como todo (Eu tambem adoro o tema / design), eu naum tive tempo para olhar tudo agora, mas salvei ele e tambem os teus feeds RSS, entao quando eu tiver tempo, irei estar de volta e lerei um monte mais, por favor, me mantenha atualizada.

Responder comentário

Comente